Newsletter junho - setembro 2020

Gráfico com os dados da @ANSOL no Twitter

No 3º trimestre de 2020 (julho, agosto, e setembro) a ANSOL desenvolveu um conjunto de ações e atividades, em várias áreas, fortalecendo a comunicação quer com comunidades de Software e Cultura Livres, quer com entidades públicas.

Iniciaram-se os encontros para tradução. Os sócios que quiserem participar e ajudar a dinamizar tais encontros podem dirigir-se à direção da ANSOL;

O site da ANSOL foi atualizado para a versão mais recente e a lista de comunidades no site da ANSOL (https://ansol.org/comunidades) foi atualizada com:

  • Apache Kafka® User Group - Portugal (AKUG.PT) ,

  • Grupo de utilizadores Portugueses de AtoM (Access to Memory = AGPL),

  • Distribuição AçorOS Linux, adicionada à lista de distribuições nacionais , foram atualizados os urls das distribuições nacionais com as últimas versões disponíveis.

A ANSOL criou uma instância de Phabricator, acessível em https://git.ansol.org/ disponível para utilização por qualquer sócio.

A ANSOL criou também o Gabinete de Comunicação, neste momento com a Paula Simões e o Gustavo Silva, numa tentativa de melhorar e aumentar a disseminação de informação sobre as atividades relacionadas com o Movimento do Software Livre, quer da ANSOL, quer de outras associações, comunidades e instituições. O site da ANSOL tem tido mais publicações (https://ansol.org/), assim como o calendário tem sido mais regularmente atualizado com eventos. No Twitter, a ANSOL começou também a fazer publicações mais regulares, que podem acompanhar aqui: https://twitter.com/ANSOL. Os sócios que usem o Twitter e queiram ser seguidos pela ANSOL (nem sempre é fácil reconhecer os sócios) podem enviar um email para comunicacao@ansol.org. A equipa de comunicação também gostaria de pedir contribuições caso assim o entendam. Estas podem ser participações vossas em conferências ou outros eventos relacionados com software, hardware, ou conteúdos livres, que a ANSOL possa divulgar e assim dar visibilidade. Podem ser pequenos tutoriais ou dicas de como usar uma funcionalidade de um determinado software livre, como neste exemplo: https://twitter.com/ANSOL/status/1298298042391629824.

A ANSOL continuou a participar, juntamente com outras entidades, com o grupo de trabalho "Museus do Futuro" da Direção Geral do Património Cultural, no sentido de contribuir para a importância de disponibilizar as coleções em acesso aberto, tendo ficado essa recomendação na versão preliminar do relatório (disponível aqui), ao qual fizemos também sugestões e cuja versão final irá ser enviada ao Ministério da Cultura.

Tiago Carrondo, presidente da ANSOL, e o Rui Seabra participaram no evento do partido Livre (Software do Medo) https://partidolivre.pt/eventoslivres/7-julho-reuniao-ct-democracia-e-liberdade, que pode ser revisto aqui https://www.youtube.com/watch?v=pxLYxcHGY70.

A ANSOL foi convidada para participar num questionário pela Universidade de Aarhus da Dinamarca e pela Universidade de Leiden da Holanda, que estão a fazer investigação científica com foco na Comissão Europeia e a sua interação com os diferentes stakeholders.

Marcos Marado, vice-presidente da ANSOL, deu uma segunda entrevista ao João Lopes para a tese de Mestrado de Sociologia sobre contribuidores para o Software Livre.

O vice-presidente da ANSOL, Marcos Marado, respondeu ao questionário "Shaping the future of the Open Source Observatory (OSOR)".

O Open Source Observatory (OSOR), da Comissão Europeia, considerou a Associação Nacional para o Software Livre (ANSOL) um ator estratégico no desenvolvimento das políticas de software de código aberto em Portugal. Na ficha técnica sobre Portugal, o Observatório concluiu não existir uma entidade central no governo português para o desenvolvimento e supervisão de software de código aberto, mas destacou o papel estratégico da ANSOL na disseminação, promoção, desenvolvimento, investigação, e estudo daquele software. Mais informação e hiperligações para o relatório aqui https://ansol.org/node/758.

A ANSOL emitiu um comunicado de imprensa alertando para os problemas que ainda subsistem da aplicação móvel STAYAWAY COVID, que pode ser lido aqui e que teve eco em vários órgãos de comunicação social, como por exemplo o TEKSapo https://tek.sapo.pt/mobile/apps/artigos/stayaway-covid-associacao-de-software-livre-diz-que-divulgar-o-codigo-da-app-nao-e-suficiente.

O Grupo de Comunicação começou a trabalhar numa carta aos Ministérios sobre software na educação, no seguimento do anúncio pelo Conselho de Ministros, no sentido de se disponibilizar para recomendar software livre e assim evitar a utilização de licenças de software proprietário. A carta foi enviada para os ministérios citados no comunicado, assim como também para a Agência para a Modernização Administrativa (AMA). O Gabinete do Primeiro-Ministro acusou a receção da carta e a Agência para a Modernização Administrativa (AMA) respondeu com mais informação. A ANSOL continua a dialogar com várias entidades sobre esta temática.

A ANSOL foi contactada pelo Gabinete de Estratégia , Planeamento e Avaliações Culturais no sentido de dar um contributo para a realização futura da Consulta Pública sobre a transposição da Diretiva 2019/790 relativa aos direitos de autor e direitos conexos no mercado único digital, que foi aprovada no Parlamento Europeu o ano passado e que a ANSOL, assim como várias entidades ligadas ao Software Livre e Open Source, acompanhou de perto, pelo impacto que pode ter no Movimento do Software Livre. A ANSOL enviou o seu contributo, assim como sugeriu que mais entidades, também impactadas pela nova legislação, fossem contactadas. O GEPAC agradeceu a sugestão que acolheu parcialmente. Após o prazo, a ANSOL fez ainda um pedido de acesso à informação no sentido de saber que entidades públicas e privadas foram convidadas a dar um contributo e quais as que responderam. Depois do prazo dado pela Lei de Acesso aos Documentos Administrativos ter passado, e não obtendo resposta a ANSOL fez uma queixa à Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos de cuja resposta está à espera.

O repositório sobre o incumprimento da Lei das Normas Abertas continua a ter atividade e a ANSOL continua a contactar as entidades públicas em falta. O repositório pode ser encontrado aqui: https://github.com/marado/RNID

A ANSOL respondeu à consulta pública da Comissão Europeia sobre o pacote legislativo relativo aos serviços digitais (Digital Services Act) e assinou uma carta com outras entidades que foi enviada à Comissão Europeia a apelar a que fossem respeitados os direitos fundamentais dos cidadãos nas recomendações para a transposição nacional da diretiva sobre os direitos de autor. Mais informação aqui: https://ansol.org/node/749.

A ANSOL foi convidada pela Free Software Foundation para se juntar às atividades no International Day Against DRM 2020.

A ANSOL apoiou o Concurso Nacional PAP TICe e integrou o júri, uma iniciativa da Associação Nacional de Professores de Informática https://ansol.org/node/752.

A ANSOL coordenou, com a Comunidade Ubuntu Portugal e o Interruptor, o Hacktoberfest 2020 PT.

Foram feitas várias atividades e melhorias de gestão da associação como a criação de um modelo de ofícios e mudança para o Collabora Office.

Novos sócios:

  • J. Manso

  • P. Gonçalves

  • P. Gonçalves

  • A. Pires

  • A. Borges

  • H. Peixoto

A ANSOL no Twitter:

Em julho de 2020, ANSOL publicou 8 tweets e 2 retweets;

  • Estas publicações geraram (24/08/2020):

    • 6960 impressões (número de vezes que as pessoas viram estes tweets no Twitter);

    • 384 engagements (número de vezes que as pessoas interagiram com estes tweets - likes, RT, cliques, etc.);

    • 33 retweets;

    • 75 Likes;

    • 240 visitas ao perfil da ANSOL;

  • O Twitter da ANSOL ganhou, em julho, 27 novos followers;

  • O "Top Tweet" de julho foi o tweet com link para o comunicado da ANSOL sobre a aplicação de rastreamento de contactos (https://twitter.com/ANSOL/status/1286260824093401089). Este Tweet foi responsável por quase metade das impressões ganhas no mês (3396) sendo também o tweet com o maior número de engagements (177);

  • A nossa Top Mention foi o tweet do @LIVREpt sobre o evento "Software do Medo" onde a ANSOL participou com o Tiago Carrondo e o Rui Seabra, e que contou também com a participação da D3, com o Ricardo Lafuente: https://twitter.com/LIVREpt/status/1280489100886360066, que teve 21 likes e 13 retweets;

Em agosto de 2020, a ANSOL publicou 4 tweets e 4 retweets;

  • Estas publicações geraram (31/08/2020):

    • 4340 impressões (número de vezes que as pessoas viram estes tweets no Twitter);

    • 114 engagements (número de vezes que as pessoas interagiram com estes tweets - likes, RT, cliques, etc.);

    • 20 retweets;

    • 28 Likes;

    • 106 visitas ao perfil da ANSOL;

  • O Twitter da ANSOL ganhou, em agosto, 8 novos followers;

  • O "Top Tweet" de agosto foi o tweet https://twitter.com/ANSOL/status/1297977942962769921, responsável por 1135 impressões, e 44 engagements;

  • O segundo tweet com mais interações foi o tweet sobre uma funcionalidade do LibreOffice, com screenshot (https://twitter.com/ANSOL/status/1298298042391629824), que gerou 417 impressões e 44 engagements;

Em setembro de 2020, a ANSOL publicou 8 tweets e 1 retweet;

  • Estas publicações geraram (04/11/2020):

    • 5185 impressões (número de vezes que as pessoas viram estes tweets no Twitter);

    • 132 engagements (número de vezes que as pessoas interagiram com estes tweets - likes, RT, cliques, etc.);

    • 29 retweets;

    • 50 Likes;

    • 141 visitas ao perfil da ANSOL;

  • O Twitter da ANSOL ganhou, em setembro, 10 novos followers;

  • O "Top Tweet" de agosto foi o tweet https://twitter.com/ANSOL/status/1310634938820108288, responsável por 855 impressões, e 12 engagements.

 

Tags: